O vírus Zika é uma DST?

13/04/2018 23:52

ARTIGO: VIRUS IN SEMEN AND THE RISK OF SEXUAL TRANSMISSION

Com o surto recente do vírus Zika (ZIKV), devido a dados epidemiológicos, considerou-se sua transmissão por via sexual, sendo feitas recomendações para uso de preservativos como forma de prevenção da infecção.

Essa semana, o editorial do New England Journal of Medicine, mediante comparação com o vírus Ebola e evidência produzida por artigo publicado na mesma edição da revista, disserta sobre a plausibilidade dessa rota de transmissão do ZIKV. No estudo em questão, foi visto a infectividade do sêmen em até 30 dias após a infecção pelo vírus, podendo haver posteriormente detecção do RNA do vírus sem, no entanto, se conseguir fazer uma cultura com esse material. Assim, é ressaltada da importância de métodos diagnósticos que reflitam a infectividade do vírus, não apenas a presença de seu material genético na amostra.

Para mais informações, leia o editorial na íntegra clicando aqui.

Baixe aqui!

Clique na imagem abaixo e se delicie com nosso E-book em PDF para levar onde quiser.