QUESTÃO 04 - Resposta

20/03/2016 08:40

QUESTÃO 04

(UNESP – 2013) Para o tratamento da hipertensão arterial, a associação entre duas drogas, reconhecidas como eficazes e recomendadas pelas VI Diretrizes Brasileiras de Hipertensão, é:

(A) betabloqueadores e simpatolíticos de ação central.

(B) bloqueadores dos canais de cálcio e betabloqueadores.

(C) inibidores de enzima conversora da angiotensina e bloqueadores

do receptor da angiotensina.

(D) inibidores de enzima conversora da angiotensina e betabloqueadores.

(E) inibidor da renina e betabloqueadores.

PET comenta:

            A Hipertensão Arterial Sistêmica é uma das doenças mais prevalentes no Brasil e no mundo, levando a ser muito importante o conhecimento do manuseio mais eficaz de acordo com a mais nova evidência. Nesse contexto, a necessidade de associações de medicamentos anti-hipertensivos é uma realidade muito presente, pois estima-se que para 2/3 dos pacientes a monoterapia se mostra ineficaz para controlar a pressão, ademais a associação mais duas ou mais drogas pode ser benéfico em casos de alto risco cardiovascular, diabetes e doença renal crônica.

             Um dos pontos mais importantes na escolha da associação medicamentosa se baseia na lógica de não usar fármacos com mecanismos de ação semelhantes, com uma conhecida exceção quanto ao uso de Diuréticos Poupadores de Potássio (com seu maior representante a Espironolactona) com Diuréticos Tiazídicos (maior representante a Hidroclorotiazida). Outro ponto importante que deve ser sempre citado quando se pensa em associação de anti-hipertensivos é a contra-indicação geral do uso de Inibidores da Enzima Conversora da Angiotensina (IECA) com os Bloqueadores dos Receptores da Angiotensina (BRA), pois chegou a aumentar o risco de efeitos adversos sem melhora cardiovascular.

            Desse modo, para conhecer as associações que são reconhecidas como eficazes de acordo com a VI Diretriz Brasileira de Hipertensão (2010) fizemos a tabela abaixo para consulta: 

BCC

Com

BB

BCC

Com

IECA

BCC

Com

BRA

BCC

Com

Diurético

Diurético

Com

BCC

Diurético

Com

Inibidor direto da renina

Diurético

Com

BRA

Diurético

Com

IECA

Diurético

Com

BB

Diurético

Com

Simpatolíticos de ação central

Diurético

Com

Diurético com outros mecanismos

Legenda: BCC (Bloqueadores dos canais de Cálcio); BB (Beta-bloqueadores);

            Então, analisando os itens da questão:

(A) betabloqueadores e simpatolíticos de ação central. (não está na Diretriz)

(B) bloqueadores dos canais de cálcio e betabloqueadores. (É reconhecida pela Diretriz)

(C) inibidores de enzima conversora da angiotensina e bloqueadores (não está na Diretriz)

do receptor da angiotensina. (não está na Diretriz)

(D) inibidores de enzima conversora da angiotensina e betabloqueadores. (não está na Diretriz)

(E) inibidor da renina e betabloqueadores. (não está na Diretriz)

            Diante do exposto, o item correto é o B).

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

VI Diretrize Brasileira de Hipertensão, 2010.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!