QUESTÃO 14 - Resposta

07/08/2016 13:57

QUESTÃO 14

(SURCE – Acesso Direto 2016) José, 43 anos, portador de neoplasia de fígado, irá submeter-se a uma hepatectomia direita. Seguindo a lista de verificação de segurança em cirurgia da Organização Mundial da Saúde (time out), o risco de perda sanguínea deve ser avaliado em que momento?

A) Antes da incisão cirúrgica.

B) Antes da indução anestésica.

C) Antes da admissão na enfermaria.

D) Antes do paciente sair da sala de operação.

 

*SURCE: Seleção Unificada Para Residência Médica do Estado do Ceará

 

PET Comenta:

            A implementação da lista de verificação de segurança cirúrgica tem grande importância para a diminuição de complicações e o melhor cuidado com o paciente antes, durante e depois da cirurgia. Torna-se essencial não apenas saber/lembrar qual o momento mais apropriado para a avaliação de perda sanguínea, mas de revisar os pontos principais de toda a lista que se divide basicamente em três pontos: Antes da indução anestésica; antes da incisão cirúrgica e antes da saída do paciente da sala cirúrgica.

1-    Antes da indução anestésica

- Confirmação da identidade e consentimento do paciente

- Demarcação do sítio

- Verificação do equipamento de anestesia e da medicação

- Oxímetro posicionado e funcionante

- O paciente possui? ALERGIA; RISCO DE ASPIRAÇÃO E PERDA SANGUÍNEA (>500ml adulto)

 

2-    Antes da incisão cirúrgica

- Confirmar os membros (nome e função)

- Confirmar nome, procedimento e local de incisão

- Antibiótico profilaxia (últimos 60 mim)

- Prevenção de eventos críticos: etapas críticas, esterilização de instrumentos

- Imagens essenciais visíveis

 

3-    Antes da saída do paciente da sala cirúrgica

- Confirmar: nome do procedimento, contagem de instrumentos e identificação das amostras

- Identificar principais preocupações com os cuidados pós operatórios

 

            O guia é muito simples, está em português e conta com esquemas que facilitam a compreensão e assimilação das informações que estão apenas resumidas e simplificadas acima. Sugerimos a leitura do guia por esse link.

            Dessa forma, fica fácil perceber que a avaliação do risco de sangramento esperado deve ser primeiramente avaliado antes da indução anestésica, e que sendo o risco maior que 500ml para adultos e 7ml/kg em crianças está indicado a obtenção de 02 dois acessos intra-venosos periféricos ou 01 cateter venosos central e fluidos previstos.

            Desse modo, o item correto é o B)

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Organização Mundial da Saúde. Manual de Implementação Lista de Verificação de Segurança Cirúrgica da OMS 2009/ Organização Mundial da Saúde Manual de Implementação - Lista de Verificação de Segurança Cirúrgica da OMS 2009 – Cirurgia Segura Salva Vidas; tradução de OPAS – Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde; Agência Nacional de Vigilância Sanitária, 2014. 20 p. ISBN

https://www20.anvisa.gov.br/segurancadopaciente/index.php/publicacoes/item/manual-de-implementacao-lista-de-verificacao-de-seguranca-cirurgica-da-oms

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!